Raízes e Conceitos Básicos do marketing multinivel

 

RAÍZES

MLM ou Multi Level Marketing conhecido também como Marketing de Rede são modelos legítimos de negócios. Entretanto, como servem para serem utilizados em esquemas de pirâmides eles carregam uma carga negativa em sua imagem com o público. Mas na realidade, não devemos encarar o MLM como “scam” (denominação para esquemas enganosos de obtenção de dinheiro fácil normalmente promovidos através de spam) embora concordemos que exista uma tênue linha demarcatória.

Para obter um profundo conhecimento sobre MLM e marketing de rede (que é similar mas não exatamente a mesma coisa) e poder distinguir entre um verdadeiro MLM e um scam você terá que pesquisar e estudar sobre o assunto em publicações ou newsletters especializadas. A quantidade de informações sobre o assunto é densa, portanto prepare-se e não se decida sobre um MLM até você possuir um completo entendimento.

Um alerta se faz necessário. Os tutoriais e sugestões que você encontrará são tanto Pró como Contra. Este é um assunto que apaixona ambos, os lados. Portanto, tenha cuidado ao analisar as leituras mesmo quando você encontra um bom artigo. Em qualquer caso leia o máximo que puder para comparar as informações. No Brasil o DPDC Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do MJ ainda não trabalha nos moldes do Federal Trade Comission (FTC) que cataloga os exemplos de fraude na Internet. Por isso valer-se dos exemplos do FTC pode ser uma boa orientação.

As raízes do marketing multi-nível estão misturadas com as da Amway Corporation e sua linha de produtos Nutrilite. Considera-se que o conceito do Nutrilite tenha se originado, durante o ano de 1930, na cabeça de Carl Rehnborg, um homem de negócios americano que viveu na China de 1917 a 1927. De acordo com as publicações da Amway, isto deu a Rehnborg uma “ampla oportunidade” de observar de perto os efeitos de uma dieta inadequada. “Ele também ficou familiarizado com a literatura nutricional daqueles dias”. Concluindo que uma dieta balanceada era necessária para as que o corpo cumprisse com suas funções próprias, ele começou a vislumbrar um suplemento dietético que pudesse prover as pessoas com os nutrientes importantes independentemente de seus hábitos alimentares.

Após sete anos de “experimentações”, Rehnborg produziu suplementos alimentares os quais deu para seus amigos experimentarem. De acordo com depoimento de seu filho, Sam, que posteriormente tornou presidente da Nutrilite:

 Após um certo período de tempo, Papai visitaria seus amigos para verificar quais os resultados obtidos. Muito freqüentemente ele encontrava os produtos estacionados nas prateleiras, sem uso e esquecidos. Não tinha custado nada para eles e portanto nada valiam. Foi neste ponto que ele descobriu um princípio básico de que a resposta era, simplesmente, cobrar alguma coisa pelo produto. Quando ele cobrou, os amigos, tendo pago pelo produto, não só o ingeriam mas, posteriormente, queriam que seus amigos também o fizessem. Quando eles pediram ao papai para vender o produto para seus amigos, ele disse: “Vocês o vendem e eu pagarei uma comissão a vocês. ”

O negócio de suplementos alimentares de Carl Rehnborg, começou então como Californiam Vitamin Corporation e mudou o nome para Nutrilite Products em 1930, quando ele mudou-se para instalações maiores. De acordo com os registros do Federal District Court, uma distribuição significativa de suplementos Nutrilite para fora do estado se iniciou em 1945, quando uma companhia operada por Lee S. Mytinger e Wiliam S. Casselberry tornou-se distribuidor nacional exclusivo. Rehnborg atuava como “conselheiro científico” no esquema de distribuição e explicava aos grupos de venda que seus suplementos continham uma base secreta, de valor terapêutico raro que era a resposta para a busca humana por saúde.

As vendas brutas se elevaram para $500,000.00 por mês, mas os promotores vagavam à revelia da lei. Em 1947, o FDA começou uma briga, que durou 4 anos, para forçar Mytinger, Casselberry, Rehnborg, suas respectivas companhias e cerca de 15.000 agentes porta-a-porta a pararem de fazer alegações extraordinárias a respeito de seus produtos. Os clientes em potencial estavam recebendo um panfleto “Como Obter Saúde e Ficar Com Saúde (How to Get Well and Stay Well), o qual apresentava os produtos Nutrilite como eficazes contra quase todos os casos de alergia, asma, depressão mental, arritmia cardíaca, amigdalite e cerca de 20 outras enfermidades. O panfleto continha cartas-testemunhos que também alegavam a cura de problemas de coração, tuberculose, artrite e que muitas outras doenças sérias respondiam ao tratamento com Nutrilite.

Após Mytinger and Casselberry, Inc.terem sido solicitados a se justificar para evitar um procedimento criminal por propaganda enganosa, o panfleto foi revisto. Uma “nova linguagem” foi imaginada a qual se referia a todas as doenças como “um estado de falta de saúde” provocado por um “desbalanceamento químico”. Os produtos Nutrilite não curariam nada, o paciente apenas se sentia melhor com o seu uso. A maior parta das alegações curativas foram retiradas do panfleto, mas estórias ilustradas dos casos foram adicionados. Embora uma contínua pressão governamental conduzissem à remoção das estórias de casos, o panfleto continuou grosseiramente enganoso.

Em 1951, o Tribunal emitiu uma injunção permanente proibindo, qualquer um que vendesse produtos Nutrilite, de se referir a qualquer edição do “How to Get Well and Stay Well” e a mais de 50 outras publicações que exageravam a importância dos suplementos alimentares. A resolução do tribunal também continha uma longa lista de alegações proibidas e permitidas sobre os produtos de nutrição Nutrilite.

Os fundadores da Amway, Rich DeVos e Jay Van Andel, eram amigos que se tornaram distribuidores Nutrilite após suas graduações na escola. Eles foram, extremamente, bem sucedidos e construíram uma organização de vendas com cerca de 2.000 distribuidores. Temendo que a Produtos Nutrilite ruísse, eles fundaram uma nova empresa a Americam Way Association, posteriormente, denominada Amway. Eles começaram comercializando produtos detergentes biodegradáveis e outros produtos de limpeza doméstica diversificando mais tarde, a linha de produtos para incluir cosméticos, joalherias, móveis, produtos eletrônicos e muitos outros itens. As vendas brutas cresceram rapidamente de meio milhão de dólares em 1959 para mais de um bilhão de dólares no começo dos anos 60.

Como se vê, pelo pequeno resumo acima, não são infundados os temores da propaganda enganosa quando ela vem sustentada pelo MLM. Já na sua origem os problemas aconteceram. Se olharmos para outra grande companhia do MLM, a Herbalife, constataremos que os mesmos métodos de propaganda extravagante foram utilizados na introdução e comercialização dos produtos de controle de pesos da empresa. Mark Hughes, o fundador da Herbalife, desenvolveu seus produtos, supostamente, motivado pela morte prematura de sua mãe, causada por dosagem elevada de anfetaminas controladoras de peso. A partir dai criou-se, através de um culto enorme à sua personalidade, uma verdadeira religião dos adeptos/distribuidores dos produtos Herbalife.

 CONCEITOS BÁSICOS

 De acordo com a CNN, um novo negócio baseado-em-casa (home-based business) se inaugura a cada 60 segundos na América do Norte, e muitos destes empreendimentos são baseados no conceito de Multi Level Marketing (Marketing de Rede).

O MLM é uma indústria de 60 bilhões de dólares anuais e provê uma estrutura pronta de negócios incluindo suporte ao produto e serviços. Hoje existem mais de 10 milhões de proprietários de negócios independentes na América do Norte e muitos destes na indústria do Marketing de Rede estão experimentando maior qualidade de vida com a família, um melhor estilo de vida e um crescente potencial financeiro. Por outro lado, na outra ponta, muitos experimentaram frustrações, perda de economias e esperanças acumuladas. Isto acontece por uma característica que, normalmente, não precisamos nos preocupar nos modelos de negócios convencionais mas que embora os promotores do MLM não o mencionem existe nesta modalidade, é a saturação de mercado. Sobre isto falaremos na segunda parte de nosso ensaio sobre MLM.

2 Comments on “Raízes e Conceitos Básicos do marketing multinivel”

  1. Pingback: Netdentista (JV)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *