Twitter já tem 50 mil aplicativos compatíveis

O Twitter já tem 50 mil aplicativos registrados e prepara quatro grandes mudanças aos desenvolvedores para 2010, informou Ryan Sarver, diretor de plataforma do microblog, em sua palestra no LeWeb Paris, evento que começou nesta quarta-feira na capital francesa.
“Para termos sucesso, contamos com o sucesso dos nossos parceiros. Mais de 50% do tráfego do Twitter vem de fora do twitter.com”, disse Sarver. “Hoje nosso ecossistema de desenvolvedores está mais maduro, empresas se conectam com consumidores, que descobrem e compartilham experiências”, afirmou, citando três exemplos de aplicativos “sérios” na plataforma: CoTweet (para empresas usarem o Twitter), OneRiot (buscas em tempo real na web) e TweetMeme (acompanha os links mais importantes do microblog). Segundo Sarver, já são 50 mil aplicativos registrados pelo Twitter para uso da plataforma.

Sarver também comentou quatro temas importantes para os desenvolvedores: transparência e comunicação (para que eles saibam o que está acontecendo e tenham acesso a novos materiais antes), utilitários (criar interfaces de desenvolvimento de aplicativos mais robustas para conteúdo) e, finalmente, lucratividade. “Já comentamos antes, mas queremos criar um meio em que o dinheiro flua pela plataforma e consigamos compartilhar isso com os parceiros. Veja exemplos bem-sucedidos como Seesmic e TweetDeck, mas vamos falar mais sobre isso em 2010”.

As quatro grandes mudanças na plataforma do Twitter são voltadas aos desenvolvedores. A primeira é permitir acesso dos programadores ao “Firehose”, mecanismo usado pelo Twitter que permite realizar buscas em tempo real – como a anunciada pelo Google na última segunda-feira. “Todos terão acesso ao Firehose, com suporte, bibliotecas abertas, de modo aberto e transparente”, afirmou Sarver. Mais detalhes sobre a abertura do Firehose serão divulgados apenas em 2010.

A segunda mudança é a centralização de informações para desenvolvedores em um local apenas. “Será um novo site para desenvolvedores e que vai ajudá-los a criar produtos incríveis”, comentou. O site entra no ar “nas próximas semanas”. Além disso, os desenvolvedores de aplicativos para Twitter poderão usar o sistema OAuth para autenticação mais segura e rápida do seu software à rede do Twitter.

Finalmente, no segundo trimestre de 2010 o Twitter vai realizar sua primeira conferência para desenvolvedores, chamada Chirp, em San Francisco. “O ecossistema cresceu e é difícil centralizar a conversação. Desse modo, os desenvolvedores podem aprender uns com outros”. Segundo Sarver, o Chirp terá preços “abaixo de US$ 400” para inscrição e deve comportar uma audiência de 900 pessoas.

Fonte : Terra Tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *