E-mail marketing: mocinho ou vilão?

Hoje em dia é comum em qualquer encontro social, reunião de negócio,  evento , curso ou seja lá o que for que reúna mais do que duas pessoas haver uma troca intensa de telefones (como antigamente) e de e-mails. Hoje até preferimos que as pessoas nos enviem um e-mail pois na correria do dia-a-dia é comum o celular ser algo que atrapalhe em alguns momentos, enquanto o e-mail pode ser visto com mais calma além de deixar a “conversa” registrada.

Logo chegamos a conclusão que o e-mail, como ferramenta de comunicação, veio para ficar.

O Brasil é o 6º pais do mundo em nº de usuários de internet, já somos 39 milhões de brasileiros conectados , abrindo-se desta forma um leque enorme e uma oportunidade incrivel de divulgar. Na história da publicidade sempre que uma nova ferramenta de comunicação surge ela é inserida no mix de meios de divulgação, foi assim com o Fax, telefone , correspondência e não seria diferente com o e-mail.

Ná época da velha mala direta postal, o retorno era mensuravel através de telefones específicos colocados exclusivamente para aquela promoção, por exemplo. Hoje com a tecnologia disponivel conseguimos mensurar quantos cliques recebemos de determinado disparo por e-mail.

Fazer e-mail marketing no setor de e-commerce é indispensável , sempre seguindo as regras detalhadas no excelente artigo Como fazer um bom e-mail marketing? . 

 A vez dos pequenos chegou  e a internet  é um canal democrático que abre as portas do mundo a quem estiver disposto a investir  um pouco e trabalhar muito . Mas cuidado, utilize o e-mail marketing como ferramenta e não como uma arma contra  você ou sua empresa/marca. Não saia disparando tudo que lhe der na “telha” e entupindo a caixa de mensagem de todo mundo com lixo também chamado spam, isso pode  vai comprometer a sua imagem perante seu público alvo e as vezes este é um caminho sem volta.

Se for divulgar seu curso, evento, produto utilize empresas idôneas. Pesquise para quem ela já prestou serviços. Nao compre gato por lebre. A internet abriu as portas a muitas pessoas honestas e também à uma legião de pessoas inescrupulosas então todo cuidado é pouco.

______________________________________________________________________________________________________________________

*Sobre o autor: Marcos Rocha é Cirurgião dentista, Empresário,  Pós Graduado em Administração de empresas, Consultor  da Focus em Marketing e Estratégia  WEB  e autor  do Blog Marketing em Odontologia e de vários outros artigos  sobre marketing e negócios relacionados a Odontologia e publicados em diversos sites , jorrnais e revistas em todo o Brasil .

Você pode divulgar este artigo em sua página ou informativo, desde que mantenha o texto intacto, inclua esta nota sobre o autor com os links ativos para este site , esta sentença.

2 Comments on “E-mail marketing: mocinho ou vilão?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *