34,8% da população brasileira acessam a internet, segundo IBGE

Pelo menos 56 milhões de brasileiros acessam a internet no País, mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2005, este índice era de 20,9% e, em 2008, passou para 34,8%.

Crianças usam mais o computador
Crianças usam mais o computador

 
A Pnad contabilizou quem acessou a internet nos três meses anteriores à realização da entrevista, que foi feita em setembro de 2008.

A região Sudeste é a líder no quesito (40,3%), seguida por Centro-Oeste (39,4%) e Sul (38,7%). Porém, o Estado com o maior percentual de pessoas que acessaram a internet foi o Distrito Federal, com 56,1%. Em seguida, estão São Paulo (43,9%) e Rio de Janeiro (40,9%).

As regiões Norte e Nordeste seguem com os menores patamares de acesso: 27,5% e 25,1%, respectivamente. De todo o País, o Estado de Alagoas foi o que teve o menor percentual, com 17,8%. Logo depois, estão Piauí (20,2%) e Maranhão (20,2%).

Segundo o pesquisador do IBGE Cimar Azeredo, o País teve um avanço importante entre 2005 e 2008, mas ainda tem um percentual baixo de pessoas conectadas. “Temos um longo caminho a percorrer”, afirma.

 

Jovens e a internet

A pesquisa mostra que o acesso à rede ainda é bem maior entre os mais jovens. No grupo de 15 a 17 anos o índice atingiu 62,9%. A partir de então, o percentual é decrescente e vai para 59,7% entre 18 ou 19 anos, até chegar a 11,2% no grupo das pessoas com 50 anos ou mais. Este grupo representava, em 2008, 24,8% da população brasileira, mas correspondia a apenas 8% do total dos que tinham acessado a internet.

Um destaque da pesquisa é o aumento significativo do uso da internet por crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos. Em três anos, o percentual mais do que dobrou e passou de 24,3% para 51,1%. A proporção deste grupo ficou acima daqueles com 25 anos ou mais.

 

Crescimento da Internet entre 2005 e 2008 no Brasil
Crescimento da Internet entre 2005 e 2008 no Brasil

 

Escolaridade e renda

De acordo com a Pnad, as pessoas que acessam a internet são mais escolarizadas do que as que não fazem isso. A média para os que usam a internet é de 10 anos de estudo, contra 5,5 dos que nunca acessaram.

No grupo dos que têm 15 anos ou mais de estudo, o percentual de usuários da rede é de 80,4%, enquanto entre 4 e 7 anos de estudo, é de 23,4%.

Porém, em todas as regiões, foi observado aumento do acesso entre os menos escolarizados. Em 2005, o percentual de acesso entre quem tinha menos de 4 anos de estudo foi de 2,5%. Em 2008, passou para 7,2%. Isso, de acordo com o pesquisador Azeredo, mostra um processo de democratização da informação.

A pesquisa indica ainda que em todas as regiões o acesso aumenta conforme cresce a renda. Na faixa de mais de 5 salários mínimos, 75,6% acessaram a internet, enquanto na faixa dos sem rendimento a ¼ do salário mínimo, o percentual é de 13%.

Outro destaque é que quase dobrou a proporção de estudantes que utilizaram a internet no período avaliado. O índice saltou de 35,7%, em 2005, para 60,7%, em 2008.

Artistas acessam mais

Ao dividir a população pela profissão que cada um exerce, a pesquisa revela que os trabalhadores ligados às ciências e às artes são os que mais entraram na internet (82,8%). Em seguida, estão os integrantes das forças armadas e auxiliares (75,4%) e pessoas que trabalham em serviços administrativos (74,9%).

uso da Internet por região no Brasil
uso da Internet por região no Brasil

Na ponta do gráfico, estão os grupamentos que exigem pouca escolaridade, como agrícola (4,6%), serviços domésticos (12%) e construção (18%).

Fonte: Ultimo segundo

One Comment on “34,8% da população brasileira acessam a internet, segundo IBGE”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *